Outubro Rosa.

by - 20:45



Olá meninas!!!

Hoje vamos falar de uma campanha muito séria e que pode salvar vidas.
O movimento Outubro Rosa surgiu na Califórnia(EUA) em 1997 e difundiu-se pelo mundo.
Neste evento, busca-se conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoci do câncer de mama.
Este tipo de câncer é o que mais mata mulheres no mundo.
E não deveria ser assim,já que quanto mas cedo o tumor é descoberto, menos invasivo será o tratamento e maiores as chances de cura.
No estágil inicial da doença,a expectativa de cura pode chegar a 95%.
Atigem esse belo número aquelas mulheres que realizam as visitas anuais ao genecologista,a mamografia frequente a partir dos 40 anos e autoexame mensal.
O autoexame não deve ser feito como única forma de prevenção.
Quando o tumor é detectável no autoexame,é porque já evoluiu,por outro lado nódulos benignos podem ser confundidos com câncer.
O exame clínico e a mamografia são,portanto,indispensáveis como parte da rotina feminina.

Em maio de 2009,entrou em vigor a lei n11.664/08,que assegurou a todas as mulheres o direito à mamografia periódica realizada gratuitamente pelo SUS após os 40 anos.


Tratamento do Câncer de Mama.

 Os tratamentos para o câncer de mama resumem-se em clínicos e cirúrgicos. Os cirúrgicos envolvem os tratamentos conservadores, aqueles que preservam a mama como as tumorectomias, quadrantectomias e os radicais - conhecidos como mastectomias. A maioria dos cânceres de mama podem “metastatizar” para a axila, portanto a avaliação axilar pode ser feita através do linfonodo axilar ou dissecção axilar quando a sentinela possui células neoplásicas. Hoje em dia, há uma modalidade conhecida como oncoplásticas, ou seja, tratamentos conservadores que usam técnicas de cirurgia plástica para o tratamento do câncer de mama. Com isso obtém-se um tratamento oncologicamente eficaz e permite-se um efeito estético satisfatório para a paciente, mesmo porque este tratamento permite igualar cirurgicamente a mama contralateral. Nos casos das mastectomias é importante salientar que todas as mulheres têm o direito da reconstrução mamária. O tratamento clínico envolve vários tipos de medicamentos chamados quimioterápicos e hormonioterápicos, cada qual com sua função e efeito colateral. Além disso, existe a radioterapia que deve ser empregada na sequência do tratamento cirúrgico, conservador ou em casos específicos de câncer avançado. De maneira geral é importante dizer que hoje, o tratamento é muito individualizado, portanto cada caso será estudado particularmente e receberá um tratamento específico. Portanto, não se assustem se alguém passar por um tratamento diferente do seu. Lembre-se: cada caso é um caso!



Quais os estágios do câncer de mama?

Os estádios do câncer de mama são formas que os médicos dão de dar notas para o momento da doença do paciente no caso do câncer de mama são divididos em 5 tipos:

Estadio 0: quando a doença esta restrita ao local onde começou (carcinomas in situ)

Estadio 1: a doença invadiu a região local, mas possui no máximo 2cm de tamanho (carcinomas invasivos = tem chance de mandar células para outras partes do corpo)

Estádio 2: a doença invadiu a região local, mas possui entre 2 e 5cm de tamanho e ínguas pouco comprometidas na axila (carcinomas invasivos)

Estádio 3: a doença invadiu a região local, mas possui tamanho maior que 5cm ou ínguas muito comprometidas na axila (carcinomas invasivos)

Estádio 4: quando a doença invadiu outras partes do corpo como: ossos, pulmões, fígado, etc

  
                                                                                                                               (Fonte)



Cuide de VOCÊ,Previna-se.






You May Also Like

2 comentários